Fisioterapia Neurológica Infantil


>





A fisioterapia infantil é um tratamento de grande importância, visto que as interações com o meio ambiente e as interações funcionais entre os diversos segmentos do corpo, afetam o crescimento e o desenvolvimento das crianças.

As intervenções destinadas a manter o comprimento normal dos músculos, são capazes de evitar as deformidades ósseas devidas à solicitação anormal, exercida pelos tecidos moles não distensíveis, sobre o osso em fase de crescimento.

As patologias neurológicas podem ser encontradas em qualquer idade, fazendo com que o público seja o mais diversificado. 

As patologias congênitas apresentadas são diagnosticadas desde a fase intrauterina ou após os primeiros meses de vida.

Dentre as alterações mais recorrentes, podemos citar: hidrocefalia, microcefalia, mielomeningocele, síndrome de West, síndrome de Lennox-Gastaut, Distrofia muscular de Duchenne, síndromes miastênicas, miopatia congênita, síndrome de Guillain-Barré, patologias neurodegenerativas, AVC infantil, paralisia cerebral, encefalopatia hipóxico-isquêmica, lesão de plexo braquial, etc.

Também podemos citar as patologias neurológicas de origem traumática, como o traumatismo crânio-encefálico, trauma raquimedular, etc.

A estimulação precoce relacionada ao retardo no desenvolvimento neuropsicomotor também fazem parte da fisioterapia na neuropediatria.

Devido à importância de manter as funções do sistema nervoso em sua integridade, a fisioterapia buscará devolver o máximo de funcionalidade e independência ao paciente, podendo recuperar parcialmente ou totalmente as funções.
Fisioterapia Neurológica Infantil Fisioterapia Neurológica Infantil Revisado by Faça Fisioterapia on 04:58 Nota: 5