Atividades proprioceptivas no tatame


>




Porque realizar atividades no tatame?

O programa no tatame envolve o paciente em atividades que incorporam tanto movimentos quanto estabilidade. Abrande desde movimentos simples, como movimentos unilaterais da escápula, até combinações complexas que requerem tanto estabilizações quanto movimentos, como engatinhar ou andar de joelhos.

As atividades são realizadas em diferentes posições de acordo com as funções e para irradiar os efeitos dos reflexos ou da gravidade, quando trabalhar com crianças, pode ser necessário progredir o tratamento usando atividades que se adeqüem ao nível de desenvolvimento de cada indivíduo.

Os objetivos funcionais direcionam a escolha das atividades no tatame, uma atividade como passar de posição supina para sentada, é dividida em partes e praticada individualmente.

Como existem diversas formas de se realizar uma atividade, o tratamento deve incluir grande variedade de movimentos, por exemplo: para aumentar a força muscular do tronco e dos membros inferiores o paciente pode começar o tratamento com exercícios resistidos nas posições sentadas de lado. O tratamento então evolui para posições que envolvem mais tomada de peso nas extremidades. À medida que as habilidades do paciente aumentam, exercícios que combinam equilíbrio e movimento em ponta, posições de gatas e de joelhos são utilizados com todas as atividades funcionais. O paciente deve:

1- Mover-se para uma posição;

2- Estabilizar-se (equilibrar-se) nesta posição;

3- Combinar movimentos funcionais com posições de estabilidade.

Quando o paciente atinge um grau razoável de competência em uma atividade, ele pode pratica-la sozinho com segurança no tatame ou com uma pequena supervisão, aprender a praticar as habilidades necessárias para o cuidado próprio e para marcha é mais fácil para o paciente quando ele se sente seguro e confortável.

REALIZANDO ATIVIDADES NO TATAME

O terapeuta deve empregar todos os procedimentos básicos para aumentar a capacidade do paciente em trabalhar com eficácia e mínima fadiga. Aproximação promove estabilização e equilíbrio. Tração e reflexo aumentam a habilidade do paciente em mover-se. Utilize os contatos manuais correto e a posição corporal adequada, para permiti-lo guiar seu próprio movimento. A resistência aumenta e reforça a aprendizagem de uma atividade.

A graduação apropriada da resistência fortalece os movimentos mais fracos. Resistir aos movimentos potentes será irradiação para o movimento ou músculos mais fracos. A sincronização para ênfase permite ao terapeuta usar movimentos fortes para exercitar os mais fracos. Os padrões são utilizados para melhorar o desempenho o atividades funcionais. Todas as técnicas são adequadas para serem utilizadas com atividades no tatame.

EXEMPLOS DE ATIVIDADES NO TATAME

Os exemplos de atividades e exercícios no tatame que se seguem não constituem uma lista completa, são apenas algumas possibilidade. À medida que se trabalha com o paciente, será encontrado diversas outras posições e ações para ajudá-los a alcançar seus objetivos funcionais.

Rolar

O rolar é tanto uma atividade funcional quanto um exercício para o corpo inteiro. O terapeuta pode aprender muito sobre seus pacientes observando-os rolar. Algumas pessoas rolam usando movimento de flexão, outras usam extensão, e outras empurram-se com um braço ou uma perna, alguns indivíduos tem maior dificuldade em rolar em uma direção do que na outra, ou a partir de uma determinada posição. O ideal é que se tenha a habilidade de ajustar-se a quaisquer condições impostas e ainda assim ser capaz de rolar com facilidade.

Os objetivos do rolar podem ser: fortalecimento dos músculos do tronco, aumento da capacidade de rolar, ou ambos. O terapeuta utiliza qualquer combinação de escápula, pelve ou movimentos das extremidades que melhor facilitem os movimentos desejados.

Escápulas

A resistência aplicada aos padrões escapulares anteriores facilitam o rolar para frente.

Resistir aos padrões escapulares posteriores facilita o rolar para trás. Utiliza os contatos manuais adequados para o padrão escapular escolhido. Para aumentar a facilitação, o paciente deve mover a cabeça na mesma direção da escápula.

Fonte




Share on Google Plus

About ADMIN

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment