O que é um fisioterapeuta







 
O fisioterapeuta é o profissional da área da saúde encarregado de avaliar as lesões de um paciente e, dessa maneira, estabelecer e administrar o correto tratamento utilizando meios físicos (exercícios de um determinado músculo ou de um específico conjunto de músculos para recuperar um ou mais movimentos, por exemplo).

Para ser um fisioterapeuta é preciso graduar-se no curso de fisioterapia, este curso dura, normalmente, quatro anos. Recomenda-se que este profissional saiba falar inglês (isto aumenta as chances de trabalhar no estrangeiro), que se mantenha atualizado e se especialize em alguma área (geriatria, oncologia, ortopedia, neurologia, desportiva, acupuntura, cardiologia, etc.).

Dentre as principais atividades exercidas pelo fisioterapeuta podemos destacar:

- o aumento da capacidade respiratória de pacientes que apresentem dificuldades respiratórias;

- tratamento da deformidade da coluna ou problemas de postura (utilizando exercícios de alongamento e fortalecimento dos músculos da coluna vertebral);

- auxiliar na recuperação dos pacientes vítimas de acidente vascular cerebral (AVC), traumatismo craniano e paralisia;

- evitar problemas circulatórios e de postura em gestantes;

- manter pessoas idosas com uma boa coordenação motora e a musculatura rígida; possibilitar o desenvolvimento e a capacidade motora e física de bebês com problemas neurológicos;

- propiciar a reabilitação de atletas contundidos;

- ensino de exercícios para pessoas que têm asma, bronquite crônica ou enfisema pulmonar e controle dos aparelhos de respiração e de retirada da secreção pulmonar destes pacientes;

- utilização de técnicas como eletroterapia, hidroterapia e termoterapia para estimular a circulação e os movimentos dos pacientes com fraturas, luxações entorses e traumas musculares de toda espécie.

O fisioterapeuta também pode atuar na área de medicina estética, auxiliando cirurgiões plásticos na recuperação dos pacientes.

Há algumas características que são desejáveis para este profissional, são elas: paciência; autocontrole; sensibilidade tátil; equilíbrio emocional; iniciativa; responsabilidade, senso de observação; criatividade; capacidade de observação e de decisão; boa disposição física; ter boa coordenação motora; querer ajudar ao próximo; concentração; boa comunicação e interesse pelo corpo humano.



Capacite-se para atender melhor os pacientes:
  • Anamnese - Passo a Passo para uma boa avaliação
  • Exercícios Físicos no Controle da Dor
  • Liberação Miofascial Instrumental MioBlaster (IASTM) + Ventosas

  • Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

    Quer anunciar neste blog?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

    Quer sugerir uma pauta?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

    Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.