Thera Suit


>





É uma técnica na qual a fisioterapia aprende e aplica informações vindas da educação física. É um programa estruturado com o intuito de promover o crescimento e o desenvolvimento da criança. Além disso, diminuir os padrões de movimentos pobres ou patológicos, aumentar a força, aumenta o controle e a coordenação muscular, aumentar a resistência e aumentar as atividades funcionais (sentar, engatinhar, andar) (THERA SUIT METHOD, 2002).

Consiste em uma órtese suave, proprioceptiva e dinâmica a qual contém: uma touca, a veste (composta por um short e um colete), joelheiras e conexões com o tênis. Todos os componentes estão conectados uns aos outros por um sistema de cordas elásticas. È um artifício seguro e efetivo que usamos combinado com o nosso programa intensivo de exercícios para que possamos acelerar o progresso da criança (THERA SUIT METHOD, 2002).

È um programa típico de exercício intensivo efetuado de 3 a 4 horas por dia, 5 dias por semana, durante 3 ou 4 semanas. Durante a primeira semana: trabalho com intuito de redução de tônus, diminuindo padrões de movimento patológicos e aumentando padrões ativos e apropriados de movimento e ganho de força geral. Na segunda semana: trabalho de ganho de força em grupos musculares específicos responsáveis pela função. E durante a terceira semana: uso do aumento de força e resistência alcançadas pela criança para melhorar o seu nível funcional ao sentar, engatinhar e andar (THERA SUIT METHOD, 2002).

Este tratamento está indicado nos casos de Paralisia Cerebral (Ataxia, Atetose, Hipotonia e Espasticidade), pacientes pós Acidente Vascular Cerebral e pós Traumatismo
Craniano, danos a Medula Espinhal e em Disfunções Neuromusculares (CEREBRAL PALSY MAGAZINE, 2007).

Seus principais objetivos são a normalização do tônus muscular da criança, aumentar a variedade dos movimentos ativos, aumentar a força e a resistência e controlar os grupos musculares que acabaram de ganhar força, permitindo que a criança melhore suas habilidades funcionais, sendo um trabalho que visa a independência (THERA SUIT METHOD, 2002).

Dentre os benefícios temos a melhora da propriocepção, redução dos reflexos patológicos, restauração dos padrões de movimento e postura apropriados, prevê a estabilização externa e dá suporte aos músculos fracos, correção do alinhamento corporal, influência no sistema vestibular, estimulação do retreinamento do SNC, provê estimulações táteis e sensoriais, melhora da produção oral e fluência, aplicação sobre o corpo de uma pressão semelhante á ação da gravidade e acelera o progresso dos movimentos e habilidades recém aprendidos (THERA SUIT METHOD, 2002).

Retirado do artigo "O THERA SUIT COMO RECURSO FISIOTERAPÊUTICO NO TRATAMENTO DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL" de Francine Jeruza Schmidt Cantareli



Share on Google Plus

About ADMIN

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment